ASSPROM | História
23689
page,page-id-23689,page-template-default,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-1.9,wpb-js-composer js-comp-ver-4.6.2,vc_responsive

História

Fundada em 4 de dezembro de 1975, a Assprom surgiu para regularizar a situação de 200 adolescentes que trabalhavam em órgãos estaduais. A partir de sua fundação, os adolescentes e jovens passaram a ter garantidos seus direitos constitucionais, contemplados na Constituição Federal/88 (mais tarde, em 1990, regulamentados pela Lei 8069 de 13/07/1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA). À época, o então governador Aureliano Chaves enviou aos órgãos públicos do Estado carta, recomendando a admissão dos adolescentes da Associação.

 

Ao longo dos anos, a entidade ampliou consideravelmente seu raio de ação, acompanhando o adolescente e o jovem não só em seu local de trabalho, mas também junto às suas famílias, escolas e comunidade, buscando atuar em consonância com as políticas públicas de assistência social.

 

Encaminhando para o 1º emprego, promovendo a formação pessoal, profissional e cidadã, a Assprom passou a atender um número crescente de adolescentes e jovens de Belo Horizonte e região metropolitana. Posteriormente, seu atendimento foi ampliado para o interior do estado de Minas Gerais, a partir de parcerias com de cerca de 400 organizações da administração pública municipal e estadual, empresas públicas e privadas, socialmente responsáveis e empenhadas em promover a inserção de adolescentes em situação de vulnerabilidade no mundo do trabalho. Nessas organizações, os jovens praticam e desenvolvem seu potencial, o que contribui para que se tornem cidadãos adultos responsáveis e profissionais competentes.

 

Hoje, a Associação atende cerca de 3400 adolescentes e jovens, preparando-os para a sua primeira inserção ao mundo do trabalho. Com essa finalidade, desenvolve uma série de atividades: cursos profissionalizantes, acompanhamento escolar e profissional, atividades socioeducativas, promoção do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. As atividades têm por objetivo desenvolver as potencialidades dos adolescentes trabalhadores e aprendizes e possibilitar o acesso aos seus direitos sociais, como prevê a Constituição Federal e demais normativas vigentes.

 

Promovendo a inclusão de adolescentes e jovens de famílias em situação de vulnerabilidade e risco social, a Assprom disponibiliza psicólogos, assistentes sociais e educadores se empenham para oferecer orientação pessoal e psicológica, formação profissional, atividades de esporte, lazer e cultura, palestras e campanhas educativas, favorecendo a formação integral de cada adolescente e jovem atendido.


Assprom recebe homenagem do Conselho Estadual de Entorpecentes de Minas Gerais (Conen) por ser destaque no trabalho de prevenção e tratamento contra as drogas – 1999-2000.


Assprom foi agraciada, ao lado de outras três entidades mineiras, pelo trabalho sério e competente na assistência social; 50 instituições, num total de 250 concorrentes, foram premiadas em todo o país. 26 de abril de 2000.


Assprom participa da comemoração dos 14 anos do ECA e da Caravana Nacional pela Erradicação do Trabalho Infantil – agosto 2004.

Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On Linkedin